terça-feira, 13 de junho de 2017

Profana-ação

Em uma rua qualquer
De uma cidade insana
Há um bordel
Em frente a uma igreja.
Basta atravessar a rua
Para adentrar
Num antro de pecado,
Devassidão e corrupção
De valores.
Atravesse de volta
E tudo o que se tem
São mulheres vendedoras
Dos próprios sonhos despedaçados.
Glaucio Cardoso

12/06/17

Nenhum comentário:

Postar um comentário