terça-feira, 18 de abril de 2017

Soneto para o Livro Espírita


Originário nos desígnios celestiais,
Luminoso repositório do saber,
Instrumento a construir catedrais
Vigorosas no íntimo do ser.

Relicário do bem estampando o belo
Ostensório do carisma divino,
Engrandece e renova o homem velho
Soprando-lhe a pureza de um menino.

Poesia do evangelho para o dia a dia,
Irmanando os dois lados da criação
Religando a humanidade ao Criador.

Instrui com respeito e mansidão,
Transforma egoísta em semeador,
A espalhar paz e harmonia.

Glaucio Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário